Palavras

por Sérgio Araújo

Noite líquida

A noite líquida 
Escorre vagarosamente
Como cera derretida nas brechas da luz.
Calor e grandeza,
Como a materialidade dos discursos
Em sua existência pensada.
No encontro da noite e da mente,
O que não é demência,
É essência.
 
por Sérgio Araújo

Share
The following two tabs change content below.
Poeta e Professor.

Latest posts by Sérgio Araújo (see all)


Categorised as: Poesia


2 Comments

  1. Zélia Cunha disse:

    Gostei muito de seu blog. Os poemas tocaram minha sensibilidade, especialmente esse, pois amo a noite. Meu blog é muito simples, mas a casa é sua, visite-me.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *